domingo, 1 de abril de 2018

Milão e o Princípio do Treinamento de Força



Você sabia?

As evidências sobre a prática da musculação são históricas. Esculturas encontradas, datadas em mais de 400 anos a.C., de corpos femininos harmoniosos, demonstrando o cuidado com as formas (estética) do corpo. Paredes de capelas funerárias do Egito expõe homens se exercitando com pesos a cerca de 4.500 anos atrás.

Mas a história de um atleta olímpico de uma época de 500 a 580 a.C., na Itália, deixa claro um princípio de treinamento mais que comprovado pela ciência e que é utilizado até os dias de hoje: O PRINCÍPIO DA GARGA PROGRESSIVA.
Me refiro ao atleta Milos de Crotona. 


Milos para fortalecer as pernas, corria levando nas costas um bezerro. Com o tempo o bezerro crescia e concomitantemente a força de Milos. Um outro exemplo desse atleta fenomenal, utilizado até hoje, era que ele já pensava na suplementação alimentar. Verdade ou não, Milos tinha uma ingestão diária de cerca de 9 kg de carne, 9 kg de pão (claro que o trigo era outro) e ingeria 10 litros de vinho. Aproximadamente 57 mil kcal.

Diziam que matava um boi com as mãos e comia sozinho! (será que era bruto?! :-o).

O nome da cidade de Milão, na Itália, foi em sua homenagem. Sua morte foi trágica. Morreu dizimado por lobos após dar um golpe numa árvore e ficar preso nela (a natureza se vinga!). :-/

Bem, mitologia à parte, o princípio da carga progressiva é uma realidade no treinamento com pesos. 
Portanto, periodicamente, a carga que você utiliza precisa ser ajustada à medida que sua força aumenta. Só não vai sair derrubando as árvores por aí.

Fonte: Gianolla, 2003.

Até a próxima!


quinta-feira, 1 de março de 2018

4 Apoios

Um exercício clássico e que até hoje é bastante utilizado. Seja em academias, em casa, lugares públicos. Conhecido como flexão de braços em 4 apoios ou apenas 4 apoios.

É um exercício que crianças e adultos podem realizar fortalencendo os músculos peitoral, tríceps onde este atua como sinérgico, ou seja, contribui (e muito) no movimento e o deltóide (dependendo da abertura das mãos aumenta sua participação).

Produzi um pequeno vídeo para demonstar os níveis que podem ser aplicado nesse movimento. Se for iniciante, siga essa sugestão de progressão e bons treinos.



Até a próxima!

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Com Obesidade Infantil não se Brinca!



Quando se fala em exercício físico, pensamos em adultos praticando em academias, praças, orlas, enfim, quase sempre não lembramos ou sabemos que exercício físico também é destinado para crianças. Claro, de uma forma lúdica e prazerosa onde a criança possa se divertir e ao mesmo tempo queimar calorias, fortacer os músculos, ossos e o cérebro.


Mas o que percebo, no dia a dia, são crianças deixando de se movimentar com brincadeiras saudáveis para cada vez mais permanecerem com a cara no celular, na TV, no computador e tablets. Um horror!

A Associação Brasileira para Estudos da Obesidade e Síndrome Metabólica - ABESO divulgou em sua página uma calculadora específica para crianças para calcular o IMC. De forma bem simples, insira os dados de seu fílho e veja o resultado logo abaixo.

A partir desse resultado, sinta-se responsável pela qualidade de vida de seu filho.

Link para a calculadora aqui

Até a próxima!

sábado, 13 de janeiro de 2018

Condicionamento Cardiorrespiratório Específico para Cada Um

Quando se fala em condicionamento cardiorrespiratório o que lhe vem a cabeça?

Para enterdermos de forma fácil o que isso significa vejamos o seu conceito:

É a capacidade de nosso organismo de captar o oxigênio, transporta-lo e aproveita-lo como fonte de combustível para a produção de energia para os músculos em trabalho, durante um período de tempo. Esse fenômeno que ocorre em nosso corpo também recebe o nome de condicionamento aeróbio e VO2 máximo.

Tecnicamente falando é a taxa máxima de utilização de oxigênio dos músculos durante o exercício (Heyward, 2004).

Para melhorarmos nossa resistência aeróbia é necessário treino. Seja nadando, correndo, pedalando, enfim, atividades que mantêm o movimento em períodos de tempo mais duradouros. A exemplo disto estão os maratonistas, triatletas, ciclistas, nadadores de longa distância, circuitos funcionais e etc., em conclusão, uma gama de atividades que podem ter a característica cardiorrespiratória.

Aí você se pergunta: Como posso saber a minha resistência aeróbia?

Não é difícil! Um Profissional de Educação Física poderá lhe ajudar, realizando uma avaliação para medir o consumo máximo de oxigênio e classifica-lo de acordo com sua faixa etária, sexo e idade. Outro modo, não menos importante, é uma avaliação com o médico cardiologista, o teste ergométrico e o eletrocardiograma.



Com o resultado em  mãos, o seu preparador físico iniciará um programa de treinamento progressivo e adaptado à sua realidade.

Busque sempre a orientação de um Profissional de Educação Física e bom treino.

Até a próxima!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Mantenha o Foco



Exercício é coisa séra.

Não pense que porque está matriculado numa academia, num grupo de corrida ou funcional, lutas e etc., você resolveu sua vida.

Ledo engano caro amigo(a)! Antes de tudo você precisa resolver-se. Sua cabeça precisa mudar. Sua forma de pensar terá que ser outra. Isso se chama foco, determinação, disciplina.

Verdade, mudar é tudo isso!

Ir ao treino e ficar pedindo para o professor apenas exercícios que gosta de fazer ou ficar fazendo corpo mole é desviar do objetivo. Entende agora porque exercício é coisa séria?

É você mudar sua mente. Um registro que está marcado na sua vida inteira e que agora você quer modificar a chave para o lado saudável!

O caminho para se alcançar as metas é árduo e suado. Se você não está com disposição de encarar o treino diário de lutar contra os seus maus hábitos, fique certo de que sua conversinha de dizer que está no foco é balela. Sinta-se de frente ao seu auto-engano.

Mude, se regenere!

Bom novo ano a todos.

Até a próxima!