segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Os Resíduos de uma Era [Parte 2]











Após ter conhecimento de um dos protocolos mais conhecidos no mundo sobre corrida, publicado anteriormente (clique aqui), agora poderei relatar, por experiência própria, o que muita gente aprendeu sobre correr para emagrecer.


Para muitas pessoas caminhar e/ou correr ("Fazer Cooper") é a solução para perder peso. De certa forma, existe uma razão nessa crença. Não estou dizendo que não funciona, apenas quero manisfestar que existe outras alternativas (fundamentadas em evidências científicas) que são mais eficientes.

Atividades físicas que promovam um efeito de emagrecimento pós treino por várias horas são reconhecidas e bastante utilizadas nos dias de hoje. Claro que orientadas por um Profissional de Educação Física habilitado para esta modalidade. Atualmente a maior desculpa que se houve como obstáculo para não treinar é: não tenho tempo.

Pois, para quem não tem tempo para treinar, aí vai a notícia: até 30 minutos diários de exercícios intensos fará uma diferença significativa em seus resultados. Promovendo dessa forma o efeito emagrecedor pós treino por várias horas denominado pela ciência como EPOC. Leia aqui essa matéria.

Clientes meu que pensava que "fazendo Cooper" seria a única alternativa para correr e que musculação não emagrece. Deixaram de ter essa crença quando obtiveram resultados de emagrecimento com o treinamento de força e com treino cardiorrespiratório intervalado de alta intensidade, conhecido pela sigla HIIT.

Se você está pensando em emagrecer fazendo "Cooper", antes disso consulte um Profissional de Educação Física e inicie  um treinamento fundamentado nos conceitos mais atuais do treinamento desportivo.

Com certeza você será mais eficiente.

Até a próxima!

sexta-feira, 1 de julho de 2016

O Poder da Musculação: eu quero ser assim!

Nenhuma forma de se exercitar irá proporcionar, ao mesmo tempo, melhores resultados para a saúde em geral e melhor estética, do que o treinamento contra resistência, ou popularmente conhecido como MUSCULAÇÃO.

Existem vários praticantes mundo afora que carregam em si os benefícios de seus resultados.
Mas, você pode está se perguntando: que novidade tem isso? Isso é muito comum!

Concordo plenamente. Apenas quero divulgar que ser praticante de uma das melhores formas de se exercitar (e porque não dizer "a melhor forma de exercício") nos faz ter uma qualidade de vida incomparável.

Praticantes octogenários com um perfil totalmente incomum é o grande diferencial da musculação.

Os exemplos que estão logo abaixo não são apenas para impressionar e sim, MOTIVAR você a alcançar seus objetivos e colher os frutos desse estilo de vida. Porque essas pessoas tem a boa alimentação e a rotina de treinos como um estilo de vida!

Conheça a história de Ernestine Sheperd.



Esse cara é uma inspiração pra mim, conhecido como Dr. Life, um exemplo a se seguir.



Até a próxima!

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Os Resíduos de uma Era [Parte 1]



              No fim da década e 1970 até os anos de 1980 foi disseminado no mundo a teoria de Kenneth H. Cooper. Exercícios aeróbios eram os pilares de sua visão, considerando estes como primordiais para saúde cardiorrespiratória e controle de peso. Seu sucesso abrangeu todo o mundo, tornando-se uma referência em exercícios físicos até os dias de hoje.
Influenciou até as forças armadas americanas.

Esse Norte-americano, formado em medicina e atuando como preparador físico, criou um teste que é utilizado até os dias de hoje como referência para classificar o condicionamento cardiorrespiratório de um indivíduo, de acordo com seu sexo e idade.

Popularmente conhecido como teste de Cooper. Veja abaixo os dados da tabela de Cooper:

Teste de Cooper
IdadeÓtimoBomRegularRuimPéssimo
13-14M2100+ m1700 - 2099m1600– 1699 m1500 – 1599 m1500- m
F2000+ m1900 – 2000 m1600 – 1899 m1500 – 1599 m1500- m
15-16M2800+ m2500 – 2800 m2300 – 2499 m2200 – 2299 m2200- m
F2100+ m2000 – 2100 m1700 – 1999 m1600 – 1699 m1600- m
17-20M3000+ m2700 – 3000 m2500 – 2699 m2300 – 2499 m2300- m
F2300+ m2100 – 2300 m1800 – 2099 m1700 – 1799 m1700- m
20-29M2800+ m2400 – 2800 m2200 – 2399 m1600 – 2199 m1600- m
F2700+ m2200 – 2700 m1800 – 2199 m1500 – 1799 m1500- m
30-39M2700+ m2300 – 2700 m1900 – 2299 m1500 – 1899 m1500- m
F2500+ m2000 – 2500 m1700 – 1999 m1400 – 1699 m1400- m
40-49M2500+ m2100 – 2500 m1700 – 2099 m1400 – 1699 m1400- m
F2300+ m1900 – 2300 m1500 – 1899 m1200 – 1499 m1200- m
50+M2400+ m2000 – 2400 m1600 – 1999 m1300 – 1599 m1300- m
F2200+ m1700 – 2200 m1400 – 1699 m1100 – 1399 m1100- m



Teste de Cooper (Atletas com Experiência)
ÓtimoBomRegularRuimPéssimo
Homem3700+ m3400 – 3700 m3100 – 3399 m2800 – 3099 m2800- m
Mulher3000+ m2700 – 3000 m2400 – 2699 m2100 – 2399 m2100- m

Esse teste consiste em uma corrida de velocidade contínua de acordo com sexo e idade (vide tabela). Observe que existe uma faixa etária onde a distância percorrida em 12 minutos determina seu nível de condicionamento físico.

Será que você consegue realizar o teste de acordo com sua idade e se enquadrar nos melhores resultados? Faça o seu teste e deixe seu comentário aqui na matéria.

Lembrando que: a corrida deverá ser executada no "chão", ou seja, na pista. Esse teste não foi elaborado para ser executado em esteira ergométrica.

Corra durante 12 minutos e marque a distância percorrida. Em seguida, é só consultar a tabela e ver seu nível de condicionamento físico (cardiorrespiratório).

Até a próxima!

terça-feira, 31 de maio de 2016

TABAGISMO






Segundo o dicionário TABAGISMO significa:
Abuso do tabaco.
Intoxicação provocada por esse abuso.

No dia 31 de Maio é o dia mundial sem cigarro. Vamos todos ajudar aquele(a) amigo, parente, colega, em fim, todos que querem se ver livre desse vício, que é o cigarro.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que um terço da população adulta mundial fuma. No mundo cerca de 47% de homens e 12% das mulheres são dependentes; no entanto, em países em desenvolvimento 42% dos homens e 24% das mulheres fumam.

A American Heart Association (AHA), estimou em 2001, que até o ano de 2020 o tabagismo será a causa principal de morte e impotência em todo o mundo, matando mais de 10 milhões de pessoas por ano.

No Brasil, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou 34,8% de fumantes na população. A meta do Ministério da Saúde é chegar a 9% até 2022 (dados do site www.brasil.gov.br de 2014). 

O hábito de fumar é associado ao câncer de pulmão, a distúrbios pulmonares e à cardiopatia coronariana (CC). Quem é fumante tem mais que o dobro de risco de ataque cardíaco comparado ao não-fumante. A nicotina presente na fumaça do cigarro produz elevação da frequência cardíaca e na pressão arterial, além de inibir os mecanismos anticoagulantes do sangue (Heyward, 2004).

Quando os indivíduos param de fumar, o risco de CC diminui rapidamente, não importando por quanto tempo ou que quantidade tenham fumado. Após 15 anos, o risco relativo de morrer por CC reduz em 50% (AHA, 1999).

Outro fato importante é que o cigarro inibe o sabor e o odor. Agora imagine nos dias de hoje: lanchonetes e restaurantes em todas as partes, a mídia agressiva atraem milhares de pessoas para comer, porções cada vez maiores e mais "saborosas", a pessoa parou de fumar, está com os sentidos do olfato e paladar mais aguçados/sensíveis... O que acontecerá? um ganho de peso! Que em média será de 2,7kg (McGinnis e Foege, citados por Bouchard, 2003).

Entretanto, os benefícios para quem resolve parar de fumar compensam os efeitos prejudiciais do pequeno ganho de peso (Bouchard, 2003).

ATENÇÃO: esse ganho de peso não deve influenciar a decisão daqueles que desejam parar de fumar!

A atitude de parar de fumar é um excelente motivo para que o indivíduo modifique seu estilo de vida, tornando-se uma pessoa com hábitos mais saudáveis como alimentar-se melhor e praticar alguma atividade física. Não esquecendo de realizar um exame com um médico cardiologista antes de iniciar um programa de exercício!

QUEM SABE EU NÃO TENHA INCENTIVADO ALGUMA PESSOA A PARAR DE FUMAR A PARTIR DESTA DATA!? 31 DE MAIO DIA MUNDIAL SEM CIGARRO











Até a próxima!