quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Auto Imagem da Mulher

A imagem de um padrão estético imposta pelas mídias, principalmente para as mulheres influencia a percepção da auto imagem e consequentemente a autoestima.

Em um estudo de Bevilacqua em  2010, documentou-se esse tipo de comportamento.

Uma avaliação da auto-imagem corporal e autoestima num grupo de 47 mulheres com idade entre 40 e 83 anos. Onde foram realzadas coletas de dados para as avaliações de imagem corporal, autoestima, classe sócio-econômica, antropométrica.

Com base nos resultados foram constatados que 78,7% estavam insatisfeitas com a imagem corporal;

70,2% das avaliadas tinham a autoestima em um nível alto.

Mulheres que apresentaram um resultado melhor sobre a autoestima tiveram na avaliação da percepção corporal uma tendência a reduzir sua imagem corporal durante esta avaliação.

Considerando esses dados, segundo Bevilacqua (2010), os números encontrados nesse estudo assegura a afirmação de que a vontade das mulheres de meia e terceira idade é o anseio por um tamanho corporal menor que o atual.

A percepção da imagem corporal sofre influência de múltiplos fatores socioculturais, onde estão envolvidas questões psicológicas, sociais, culturais e biológicas nas quais são determinadas, subjetivamente, pela procura do melhor visual da aparência física (Damasceno e Colaboradores, 2006 citado por Bavilacqua, 2010).

A obesidade é um dos fatores que mais influencia na percepção da imagem corporal. Uma comparação de mulheres obesas com mulheres com peso dentro dos parâmetros normais, as obesas demonstram maior disformidade com sua imagem real de corpo (Cachekin e colaboradores, 2006 citado por Bevilacqua, 2010). E, um ciclo de maus hábitos associados com o ideal de corpo pode desencadear um processo depressivo e consequentemente aumento da ingestão calórica que resulta em aumento de peso (Kanno e colaboradores, 2008 citado por Bavilacqua, 2010).

Sei que não é fácil mudar os hábitos, mas não é impossivel! Seja dererminhado(a) e trace suas metas para que nesse novo ano sua vida passe a valer muito mais com seus novos hábitos saudáveis!

Busque orientações de profissionais de Educação Física, Nutrição, Psicólogos e espiritual e encontre o seu caminho!

Se regenere!!!

Até a próxima!

domingo, 1 de outubro de 2017

Envelhecimento e Exercícios Físicos

Não vamos esperar envelhecer para iniciar um programa de treinamento físico!

Comece o mais cedo possível!
Se você teve uma infância fisicamente ativa, continue na adolescência e não pare mais de se exercitar nessa vida.

Uma das maiores, se não a maior, instituição preconizadora das diretrizes do exercício físico, o Colégio Americano de Medicina do Esporte (American College of Sports Medicine - ACSM) sugere que a atividade física programada para grupo de pessoas acima de 65 anos de idade é uma forma de intervir positivamente na redução dos declíneos funcionais provenientes do envelhecimento.

E mais:

Melhora o estado de saúde e contribui para o aumento da expectativa de vida.

Outras recomendações são:

Realizar exercícios aeróbios melhora o desempenho do coração;

Exercícios de força previne a osteoporose e o declínio da força e massa muscular;

Ambos melhoram a flexibilidade e a amplitude do movimento no dia a dia, prevenindo quedas, lesões e aumento do controle postural.

Neste vídeo podemos observar que exemplo de continuidade no exercícios.

Ou você acha que a senhora (do vídeo) aprendeu isso agora?



Nunca pare!

Tá esperando o quê para ir treinar?

Busque um Profissional de Educação Física e mexa-se!

Até a próxma!

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Profissional de Educação Física: há um longo caminho a percorrer.

A cada ano que se passa o Profissional de Educação Física conquista mais espaço na sociedade, sendo o responsável e capacitado para a prescrição de exercícios e programas de treinamento para melhorar seu rendimento e/ou sua saúde.

No dia de hoje, 1º de Setembro, celebramos todas as conquistas e traçamos metas para em um novo ano de trabalho alcançar novos patamares de comprometimento e responsabilidade.

PARABÉNS AOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA.

Até a próxima!

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Superação!

Se tá difícil, se supere!

Seja na vida ou nos treinos!



segunda-feira, 3 de julho de 2017

Propriocepção: em busca do equilíbrio perfeito

Um sistema de receptores espalhados por várias partes do corpo, encontrado nos músculos, tendões e nas articulações, funcionam para enviar informações referente ao movimento, a postura e/ou o nível de alteração gerado nesses receptores para o sistema nervoso central. Este por sua vez, após processar as informações, coordena e orienta o corpo perfeitamente para mantê-lo em equilíbrio postural (Tookuni KS e colaboradores (2005); Winter DA e colaboradores(1995); Silvestre MV e Lima WC (2003) citados por Baldaço e colaboradores (2010).

Estou falando da PROPRIOCEPÇÃO ou CINESTESIA esse sistema que age conjuntamente com a visão e o vestibular para nos manter equilibrado (Winter DA (1995) citado por Baldaço e colaboradores (2010)).

Há alguns anos a solicitação desse sistema de equilíbrio vem sendo utilizado em muitos exercícios funcionais dentro e fora das academias. Onde antes eram exercícios de reabilitação de lesões ligamentares, cirurgias ortopédicas e outras mais, orientado por Fisioterapeutas.

Sendo os exercícios funcionais de propriocepção utilizados hoje em dia, em praticamente todas as modalidades esportivas que exijam uma performance muscular, auxiliando desta forma, na melhora da flexibilidade, reação de força e estabilização nos movimentos.

Lembre-se: busque sempre orientação de um Profissional de Educação Física para realizar seus exercícios.

Até a próxima!